Homepage Pedidos Curiosidades Astrologia
Astrologia
Gastronomia
Diversos
       Fórum "Fonte de Luz"

       Desporto

       Passatempos

       Numerologia

       Cristais

       Incensos "Intenção"

       Poesia

       Contos e Lendas

       Sonhos "A) a Z)"

       Meteorologia

       Links Úteis

       TV Regional

       Rádios Regionais

       Links Recomendados

       Informação

       Significado dos nomes
Noticias
Newslettes
Questionário Fontedeluz.com



hocnet.pt - Alojamento de sites

Portal de Sites


Classifique-nos no
mundoPT

Parceiros

www.fontedeluz.com - Uma "conversa" com Deus
 
Uma "conversa" com Deus

 

Uma "conversa" com Deus

Imaginemos a oração do Pai-Nosso, meditada numa "conversa com Deus"

O CRISTÃO: Pai-nosso que estais no céu...
DEUS: Sim? Estou aqui.

O CRISTÃO: Por favor, não me interrompas, estou rezando!
DEUS: Mas chamaste-me!

O CRISTÃO: Chamei? Eu não chamei ninguém. Estou a rezar. Pai-nosso que estais no céu...
DEUS: Voltaste a chamar-me.

O CRISTÃO: Fiz o quê?
DEUS: Chamaste-me, disseste: Pai-nosso que estais no céu. Estou aqui. Como é que Posso ajudar-te?

O CRISTÃO: Mas eu não quis dizer isso. Eu estou a rezar. Rezo o Pai-nosso todos os dias, sinto-me bem rezando assim. É como se fosse um dever. E não me sinto bem até concluir a oração...

DEUS: Mas como podes dizer Pai-nosso, sem te lembrares que todos são teus irmãos, como podes dizer que estais no céu, se não sabes que o céu é a paz, que o céu é amor infinito?

O CRISTÃO: Realmente ainda não tinha pensado nisso.
DEUS: Mas, continua com a tua oração.

O CRISTÃO: Santificado seja o Vosso nome...
DEUS: Espera aí! O que queres dizer com isso?

O CRISTÃO: Quero dizer... quer dizer, é... sei lá o que significa. Como é que eu vou saber? Faz parte da oração, só isso!
DEUS: Santificado significa digno de respeito, Santo, Sagrado.

O CRISTÃO: Agora entendi. Mas nunca tinha pensado no sentido dessa palavra SANTIFICADO... "Venha a nós o vosso reino, seja feita a vossa vontade, assim na terra como no céu..."
DEUS: Estás falando a sério?

O CRISTÃO: Claro! Porque não?
DEUS: E o que fazes para que isso aconteça?

O CRISTÃO: O que faço? Nada! É que faz parte da oração. Além disso, seria bom que o Senhor tivesse um controle de tudo o que acontecesse no céu, e na terra também.
DEUS: Tenho controle sobre ti?

O CRISTÃO: Bem, eu frequento a igreja!
DEUS: Não foi isso que Eu perguntei. De que forma tratas os teus irmãos, qual a maneira como gastas o teu dinheiro, o muito tempo que dás à televisão e o pouco tempo que dedicas a Mim?

O CRISTÃO: Por favor Senhor. Pára de criticar!
DEUS: Desculpa. Pensei que estavas a pedir para que fosse feita a minha vontade. Se isso acontecer tem que ser com aqueles que rezam, mas que aceitam a minha vontade, o frio, o sol, a chuva, a natureza e a comunidade.

O CRISTÃO: Está certo, tens razão. Acho que nunca aceito a tua vontade, pois reclamo por tudo: se cai chuva, peço sol, se faz muito sol reclamo do calor, se faz frio, continuo a reclamar, se estou doente peço saúde, não cuido dela, deixo de me alimentar convenientemente ou como demasiado...
DEUS: É óptimo reconheceres tudo isso. Vamos trabalhar juntos Eu e tu, mas olha, vamos ter vitórias e derrotas. Eu estou a gostar dessa tua nova atitude.

O CRISTÃO: Olha Senhor, preciso terminar agora. Esta oração está a demorar muito mais do que costuma ser. Vou continuar: "o pão-nosso de cada dia nos dai hoje..."
DEUS: Pára! Estás a pedir pão material? Nem só de pão vive o homem, mas também da minha palavra. Quando me pedires o pão, lembra-te daqueles que nem conhecem o pão. Podes pedir-me o que quiseres, desde que me vejas como um Pai amoroso! Estou interessado na próxima parte da tua oração. Continua!

O CRISTÃO: "Perdoai as nossas ofensas, assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido"
DEUS: E o teu irmão desprezado?

O CRISTÃO: Senhor, ele já me criticou várias vezes e não era verdade o que dizia. Agora não consigo perdoar-lhe. Preciso de me vingar.
DEUS: Mas, e a tua oração? O que quer dizer a tua oração? Chamaste-me, e eu estou aqui, quero que saias desta oração transfigurado, estou a apreciar a tua honestidade. Mas não é bom carregares o peso da ira dentro de ti, não achas?

O CRISTÃO: Acho que me sentia melhor se me vingasse!
DEUS: Não sentes não! Vais-te sentir pior. A vingança não é tão doce quanto parece. Pensa na tristeza que me causarias e pense na tua tristeza agora. Eu posso mudar tudo para ti. Basta que queiras.

O CRISTÃO: Podes? Mas como?
DEUS: Perdoa ao teu irmão, Eu dou-te o meu perdão e alivio-te

O CRISTÃO: Mas Senhor, eu não posso perdoar-lhe.
DEUS: Então não me peças perdão também!

O CRISTÃO: Mais uma vez está certo! Mais do que querer vingar-me, quero a paz com o Senhor. Está bem, está bem; eu perdoo a todos, mas ajuda-me Senhor. Mostra-me o caminho certo para mim e para os meus inimigos.
DEUS: O que me pedes é maravilhoso, estou muito feliz contigo. E tu como te estás a sentir?

O CRISTÃO: Bem, muito bem mesmo! Para falar a verdade, nunca me tinha sentido assim! É tão bom falar com Deus.
DEUS: Ainda não terminamos a oração. Continua...

O CRISTÃO: "E não me deixeis cair em tentações, mas livrai-nos do mal..."
DEUS: Óptimo, vou fazer exactamente o que me pedes, mas não te coloques em situações onde possas ser tentado.

O CRISTÃO: O que queres dizer com isso?
DEUS: Deixa de andar na companhia de pessoas que te levam a participar em coisas sujas e em intrigas. Abandona a maldade e o ódio. Isso tudo vai conduzir-te pelo caminho errado. Não uses tudo isso como uma saída de emergência!

O CRISTÃO: Não estou a entender!
DEUS: Claro que entendes! Já fizeste isso comigo várias vezes. Entras no erro e no pecado, depois corres a pedir-me socorro.

O CRISTÃO: Senhor, estou envergonhado!
DEUS: Tu pedes-me ajuda, mas logo em seguida voltas a errar de novo, para mais uma vez vires fazer negócios comigo!

O CRISTÃO: Estou com muita vergonha, perdoa-me Senhor!
DEUS: Claro que te perdoo! Sempre perdoo quem está disposto a perdoar também, mas não te esqueças, quando me chamares, lembra-te da nossa conversa, medita em cada palavra que falas! Termina a tua oração.

O CRISTÃO: Terminar? Está bem, "Ámen!"
DEUS: O que quer dizer Ámen?

O CRISTÃO: Não sei, é o final da oração.
DEUS: Só deves dizer Ámen quando aceitares dizer tudo o que eu quero, quando concordares com a minha vontade, quando seguires os meus mandamentos, porque ÁMEN! Quer dizer: assim seja, concordo com tudo o que orei.

O CRISTÃO: Senhor, obrigado por me ensinares esta oração e por me fazeres entendê-la.
DEUS: Eu amo cada um dos meus filhos, amo mais ainda aqueles que querem sair do mau caminho e que se querem libertar do pecado. Abençoo-te e fica com a minha paz!

O CRISTÃO: Obrigado, Senhor! Estou muito feliz por saber que és meu amigo.

“Deus é amor, e quem permanece no amor permanece em Deus, e Deus nele” (1 Jo 4:16).

 

 


 


Enviar a um amigo Perfil - Facebook Vantagens Parceiro MTCard Vantagens e Descontos